Header Ads

On-line

Informação: (083) 9 9123-4417

Marcação: Vereador de primeiro mandato "Giovane" pode assumir prefeitura interinamente

Presidente da câmara municipal de Marcação pode assumir prefeitura.

                                                             Foto: fanpage PMM

Caso o prefeito ou o vice-prefeito estejam impedidos de ocupar a prefeitura, o presidente da câmara dos vereadores de Marcação, deve assumir o cargo.
O senhor "Giovane" PSD é vereador de primeiro mandato, na eleição de 2016 obteve 377 votos foi o segundo mais votado no município, atualmente ocupa o cargo de presidente da câmara municipal, a decisão de cassação da prefeita Eliselma Oliveira "Lili" estava na dependência da nomeação de um  juiz, para o desempate do voto na corte, subtende-se que depois de nomeado o juiz teve acesso ao processo anunciou ao  TRE que já se podia adiantar a sessão para poder emitir seu parecer e voto, então audiência será dia 11 de novembro de 2019 às  14:00hs.

O julgamento do processo que pede a cassação da prefeita de Marcação, Lili Oliveira e seu vice, por abuso de poder político e econômico durantes as eleições de 2016. O processo foi impetrado pela coligação “Marcação Volta a Sorrir”, que teve como candidato a prefeito Paulo Sérgio Ferreira do Araújo (PSDB). 
  
O entendimento do juízo eleitoral de primeira instância foi de manter a prefeita no cargo, porém, com o Ministério Público Eleitoral se manifestando pela cassação, o candidato segundo colocado recorreu ao TRE.