((Web Rádio)) Paraíba News ((Ao Vivo))

Últimas Notícias

Secretário petista afirma que Luciano Cartaxo cometeu suicídio politico ao ir para partido aliado a Cássio

A saída do prefeito de João Pessoa Luciano Cartaxo do PT e o seu ingresso no PSD do deputado Rômulo Gouveia,  provocou indignação entre alguns petistas paraibanos.  

Para o Secretário de Estado da Agricultura Familiar e do Desenvolvimento do Semiárido (SEFDS) e vice-prefeito de Patos, Lenildo Morais (PT), a decisão do prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo, de sair do PT e migrar para o PSD foi o suicídio político do prefeito pessoense.

Segundo Lenildo, Cartaxo que revelou em entrevista ontem na capital não ter se surpreendido com o fato Cartaxo já vinha “namorando” com a base do senador Cássio Cunha Lima.

“Isso não é novidade pra mim, até porque ele já vinha “namorado” com a base do senador Cássio desde as eleições passadas. Cartaxo já estava dando sinais que ia sair e ele está saindo com uma desculpa que não me convence. Luciano cometeu um suicídio político e a militância do PT não vai perdoá-lo, pois o PT não concorda com esse tipo de postura porque quem é petista jamais abandona o barco”, pontuou.
Lenildo Morais reforçou ainda que a saída de Luciano vai unificar o PT, pois, conforme ele, "é o momento de afastar do partido as pessoas que não têm compromisso com a legenda".
Luciano Cartaxo anunciou a saída do PT durante uma coletiva de imprensa ontem, 17, e a migração para o PSD, que é presidido na Paraíba pelo deputado federal Rômulo Gouveia. Os sintomas de insatisfação com Dilma foram notados na ultima vinda da presidente a Paraíba, quando a mesma deu mais atenção ao governador do que o prefeito que era da sua sigla. PBAgora
Postar um comentário