((Web Rádio)) Marcação FM

Últimas Notícias

Presidente do PT tem carro quebrado na UFPB e culpa “ódio fascista"

Ao chegar ao estacionamento, Charliton Machado encontrou um dos vidros de sua caminhoneta quebrada e um adesivo partidário colado no veículo rasgado
O presidente estadual do PT da Paraíba, Charliton Machado, teve o carro dele danificado por vândalos na manhã desta quarta-feira (16) no estacionamento do Centro de Educação da Universidade federal da Paraíba, em João Pessoa. Ao chegar ao estacionamento, o dirigente encontrou um dos vidros da caminhoneta quebrada e um adesivo partidário rasgado colado no veículo.
Charliton Machado acredita que a motivação do crime seria por questões política, já que, nada foi levado do carro. No adesivo que ficava na parte traseira do veículo estava escrito “Tô com a Dilma”. Ele classificou o incidente como “ódio fascista”.
“O ódio fascista não tem limites e assusta a democracia até mesmo nos ambientes das universidades públicas brasileiras. Fui surpreendido neste instante com o vidro do meu carro quebrado e o adesivo "Tô com a Dilma" rasgado, no estacionamento da UFPB. O mais triste é perceber que não se trata mesmo de um crime de furto, pois, nem levaram o som do carro, nem minha bolsa com a carteira e documentos. O ódio era contra o PT, por conseguinte, a constatação de mais um ato de intolerância política!”, escreveu em seu perfil do Facebook.
Charliton Machado, que é professor na UFPB, contou ao Portal Correio que voltava para estacionamento, após participado de uma orientação acadêmica. “Estava orientando uma aluna e quando voltei para pegar o carro estava ele quebrado e o adesivo rasgado. Não levaram nada. Só atentaram contra meu patrimônio. Meu som estava lá, carteira também. Não levaram nada”, disse.
Postar um comentário