((Web Rádio)) Marcação FM

Últimas Notícias

Polícia investiga se menino era capaz de se jogar de janela de prédio em SP

Gustavo, 5 anos, foi encontrado morto após cair do 26º andar de prédio.
Polícia já ouviu 9 testemunhas e aguarda imagens das câmeras.

A Polícia Civil investiga se o menino Gustavo Souza Storto, de 5 anos, que caiu do 26º andar do prédio em que morava, em Taboão da Serra, perto da Rodovia Régis Bittencourt, na Grande São Paulo, na noite desta quinta-feira (17), tinha condições de se jogar da janela do banheiro do apartamento em que morava. O caso foi registrado como morte suspeita.
O SPTV mostrou que a janela do banheiro de apartamento vizinho, igual a do apartamento de Gustavo, tinha 1,60 m de altura, e 60 cm de largura. Duas cadeiras, uma maior embaixo, e uma menor, infantil, em cima, foram encontradas próxima à janela.A polícia ainda aguarda laudo sobre a trajetória da queda do menino e outro para verificar se o menino tinha marcas de agressão.Ao registrar boletim de ocorrência, a mãe informou à polícia que deixou o menino dormindo sozinho e foi buscar o namorado na Estação Morumbi da CPTM, na Zona Sul da capital. Quando chegou, pouco antes da meia-noite, encontrou as luzes acesas e duas cadeiras no box do banheiro. Ao olhar para baixo, viu o garoto no estacionamento. Imagens de câmeras também serão analisadas para confirmar se a mãe saiu e chegou no horário que informou à polícia.A mãe, a farmacêutica Juliana Souza Storto, disse à polícia que pode comprovar por mensagens do aplicativo Whatsapp que foi buscar o namorado. O celular foi apreendido e será analisado.O delegado Albano Fernandez disse ao SPTV que, por ora, não há nenhum indício de que a morte tenha sido criminosa. A fatalidade é a principal linha de investigação, segundo o SPTV.
Postar um comentário